Araruna-PB, Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019

| Acessibilidade | e-Sic | Transparência

A Prefeitura de Araruna, com o objetivo de garantir o acesso e dar sequência ao calendário escolar, comunica aos servidores da educação que o município optou por não aderir à paralisação nacional da educação, programada para amanhã, quarta-feira, dia 15 de maio. A Greve Nacional da Educação foi definida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee). 

De acordo com o prefeito, como não se trata de uma pauta local, não há o que discutir e negociar, e que os alunos das escolas municipais não poderão ser prejudicados por isso. "Não há nem o que discutir. Não temos como negociar uma pauta nacional”, afirmou Vital.

Neste norte, o prefeito comunica aos servidores e aos pais de alunos que as escolas da rede municipal estarão funcionando normalmente. “Nesta quarta-feira, dia 15 de maio, é dia de trabalho, só quem não quer trabalhar é que vai fazer greve, porque mesmo quem deseja manifestar-se faz isso em horário fora de expediente, faz isso no sábado, faz isso no domingo, de noite, na hora do almoço, não faz durante o trabalho. A manifestação deveria ocorrer sem prejuízo a população", afirmou Vital Costa.



Postado por: ASCOM-PMA