Araruna-PB, Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019

| Acessibilidade | e-Sic | Transparência

O Chefe do Executivo Municipal de Araruna, Vital Costa se reuniu com Presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, Conselheiro Poti Júnior, na manhã desta segunda (16) para tratar sobre diversos assuntos com a Corte de interesse do município. Ambos conversaram sobre desafios que se apresentam nas gestões públicas e a necessidade de se manter uma relação cordial com todos os poderes. Estiveram presentes no encontro o vereador Luís Martiniano, Controlador Geral do Município, Dr. Charles Pontes e o secretário de agricultura, Múcio Macêdo.

A reunião foi solicitada pelo prefeito e teve como objetivo discutir a problemática nas regiões de fronteira e a busca de solução por meio do diálogo. Vital Costa apresentou a presidência e protocolou documentos que comprovam que a área de Barbaço e Queimadas, divisa com Japi-RN, estão de fato dentro dos limites territoriais de Araruna-PB. O prefeito ressaltou a importância dos gestores dos municípios do RN fronteiriços (Monte das Gameleiras e Japi), discutirem de forma harmoniosa a temática da fronteira, a fim de garantir conquistas e políticas públicas voltadas à população de Barbaço e Queimadas. “Vamos dar as mãos, irmanados, sem gulodice, a gente pode verdadeiramente oferecer assistência de qualidade a essas pessoas que vivem nas comunidades”, disse.

O presidente Poti Júnior afirmou que vai se reunir com os prefeitos de Japi e Monte das Gameleiras para buscar soluções, dentro da competência legal do Tribunal de Contas. O presidente agradeceu a visita do prefeito ararunense e disse que oportunamente fará visita turística a região, notadamente ao município ararunense.

O prefeito Vital Costa ainda aproveitou sua ida a Natal para protocolar junto a COSERN o ofício nº 180/2019 solicitando a Companhia Energética do RN a ligação da Unidade "Posto Âncora de Saúde", localizado na comunidade Assentamento Barbaço, zona rural de Araruna. Vital Costa ainda solicitou uma audiência com a superintendência da COSERN para discutir a expansão da rede para ENERGISA. 



Postado por: ASCOM - PMA