Araruna-PB, Segunda-Feira, 6 de Abril de 2020

| Acessibilidade | e-Sic | Transparência

O Governo de Araruna divulgou no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (10), a habilitação de quatro empresas para a fase final da licitação para CONSTRUÇÃO DO PÓRTICO MUNICIPAL DA CIDADE DE ARARUNA/PB. Após análise da documentação jurídica, financeira e técnica foram classificadas as licitantes AGRESTE CONSTRUTORA E COMÉRCIO LTDA; CONSTRUTORA F. OLIVEIRA EIRELI; SETE CONSTRUÇÕES LTDA; SONY DE OLIVEIRA ALMEIDA JUNIOR EIRELI.

Seguindo o rito legal do processo de licitação, foi aberto um prazo de cinco dias úteis para a interposição de recursos.

De acordo com o diretor do setor de licitação, Carlos Macêdo, o processo licitatório está acontecendo de maneira tranquila. “Com essa divulgação estamos cumprindo mais uma etapa do processo. Seis empresas não estão habilitadas para continuar participando do processo, que é a CAMPO FELIZ CONSTRUCOES E SERVICOS LTDA; CONSTRUTORA CONCRETO FORTE LTDA; DIAS CONSTRUÇÕES LTDA; ESTRUTURAL SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E LOCAÇÕES EIRELI; H & M CONSTRUÇÕES LTDA; RVA PROJETOS E CONSTRUÇÕES LTDA - ME”, frisou.

Carlos Macêdo ressalta ainda que não havendo interposição de recursos, a sessão pública para abertura dos envelopes Proposta de Preços será realizada no dia 24/03/2020, às 08:30 horas, na sede da Prefeitura.

O custo da obra está estimado em R$ 225.108,22(duzentos e vinte e cinco mil e cento e oito reais e vinte e dois centavos), oriundos do Ministério do Turismo e viabilizados pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro. Do montante, R$ 2.251,08 serão de contrapartida da Prefeitura.

De acordo com o prefeito Vital Costa, o Portal será erguido as margens da PB-111, sentido Tacima/Araruna, antes da Vila Olímpica. “O objetivo é fomentar o turismo, embelezar e trazer um diferencial para o município”, disse.

Na gestão da ex-prefeita, o município perdeu recursos de R$ 195.000,00 do Ministério do Turismo que seriam utilizados para construção do Portal. Através de ofício, a Caixa Econômica Federal, comunicou a Câmara de Vereadores de Araruna, em 20 de fevereiro de 2015, a rescisão contratual do Contrato de Repasse CR nº 0371203-80/211 entre o Ministério do Turismo e Prefeitura Municipal de Araruna, cujo objeto era a construção do Portal de Entrada da cidade.



Postado por: ASCOM PMA