Araruna-PB, Segunda-Feira, 6 de Abril de 2020

| Acessibilidade | e-Sic | Transparência

Apesar de o novo coronavírus estar cada vez mais próximo, com os crescentes casos no Brasil, a população não pode esquecer dos cuidados com outros tipos de doenças, com grande índice de letalidade.

A Secretaria Municipal de Saúde de Araruna alerta a população a necessidade imediata na atenção e cuidados em eliminar o mosquito transmissor das Arboviroses (dengue, zika e chikungunya). A tarefa deve ser diária, onde cada indivíduo deve contribuir fazendo a sua parte.

Agora que estamos todos em casa, coloque em sua rotina diária alguma ação para eliminar os focos da dengue. Por menor que seja, um recipiente com água parada pode se tornar um criadouro do Aedes aegypti. Se cada um fizer a sua parte, ficaremos livres dessa doença! O perigo é de todos e o combate também.

Drª América Loudal, secretária municipal de saúde, disse que as equipes de agentes de combate às endemias continuam atuando e fazendo a parte do município no combate ao Aedes. Porém, é preciso que o cidadão se conscientize e realize sua parte também. “Combater o Aedes aegypti precisa ser uma tarefa diária. A população pode e deve contribuir de forma decisiva, já que 80% dos criadouros estão dentro das casas, como pratos de vasos, garrafas e recipientes que acumulam água. Estamos no período sazonal propício a proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por essas doenças. Por isso, a população deve ficar atenta e redobrar os cuidados para eliminar possíveis criadouros do mosquito”, alerta a secretária de saúde, Drª América Loudal.



Postado por: ASCOM PMA